Espaço onde se abordam relevantes questões relacionadas com o desporto em geral.
Domingo, 27 DE Novembro 2016

FÁBIO PAIM.

"É tido como a eterna promessa do futebol português. Quem o viu nas escolas do Sporting, onde entrou com sete anos, ficou maravilhado com o talento. Aurélio Pereira, especialista em formação, dizia dele: “Falam do Cristiano Ronaldo? Atenção que o Fábio Paim é muito melhor. É outra coisa”

 

Algumas afirmações da entrevista concedida por Fábio Paim ao Jornal Expresso que servem de exemplo para os jogadores de futebol (como ele ainda é):

-» Dou um exemplo. Se uma pessoa que não tem nada de repente ganha o euromilhões, com 15 ou 16 anos, o que vai fazer? Eu devia ter sido mais bem orientado..." ;

Nessa altura ninguém o aconselhou? Sim, conversavam comigo. Mas deviam ter tido um pulso mais forte como fazem hoje com os jogadores. Têm o dinheiro deles para fazerem as coisas que querem, mas uma parte vai para outros sítios e é investido como deve ser. A mim deixaram-me sempre à vontade. E quando as coisas começaram a correr mal toda a gente me largou..." ;

Quantos carros teve? Sei lá. Tive todos. Desde Maserati, Lamborghini, Porsche, Ferrari, Hummer, Fiat Punto (gargalhada)..." ;

Do dinheiro todo que ganhou, investiu em alguma coisa, sobrou alguma coisa? Comprei a casa da minha mãe, em Alcoitão, que é dela. Meu não tenho nada. Nem posso..." ;

Tem noção de quanto gastou neste anos? Se fizermos um calculo por alto, talvez uns dois milhões ou mais. Nem eu sei, é muito dinheiro..." ;

O que tem de tão especial a sua vida? Tudo. Eu não penso no amanhã. Hoje sei que tenho almoço, o Targino convidou-me para almoçar. Almoço já tenho. Depois vou treinar no ginásio. Mas não sei em qual, tenho vários, porque convidam. Está a ver? Já não tenho de pagar o ginásio. Depois vou para casa e quando começa a chegar certas horas, surgem outros convites. Nem é preciso ter muito dinheiro para viver como a gente gosta..." ;

E gosta de viver assim? Eu? Não é gostar, tem de ser. Às vezes chego a casa da minha mãe e o jantar é sopa. Eu não gosto, mas é o que há e tem-se de comer aquilo. A vida, a gente tem de a levar assim..." .

 

Entrevista integral no Jornal Expresso.

 

Fabio.jpg

 

publicado por Pedro Miguel Branco às 14:09
Novembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
28
29
30
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO