Espaço onde se abordam relevantes questões relacionadas com o desporto em geral.
Domingo, 08 DE Julho 2012

"Avançado do FC Porto beneficiou de circunstância atenuante, uma vez que a moldura penal prevê penas entre dois a oito anos. Só deverá voltar aos rinques em janeiro

Caio, avançado da equipa de hóquei em patins do FC Porto, foi suspenso por sete meses, na sequência do inquérito disciplinar que lhe foi instaurado por ter falhado a entrega do formulário de localização - uma obrigação trimestral dos atletas internacionais - pela terceira vez.

Na edição em papel do passado dia 19 de Junho, O JOGO já deu conta desta situação, que vai levar o jogador a falhar o Europeu que se disputa em Paredes em Setembro, além do arranque da temporada nacional, marcado para Outubro.A moldura penal para este tipo de incumprimento é de 2 a 8 anos, mas foi levada em conta a circunstância atenuante de ter-se tratado de negligência, sendo a pena reduzida para sete meses.O inquérito foi suscitado pela Autoridade Antidopagem (ADoP) e instaurado pela Federação Portuguesa de Patinagem, sendo que o início da contagem do período de castigo começa a partir do momento em que o atleta receber a notificação do castigo desde que não tenha estado suspenso preventivamente (que foi o caso), pelo que Caio só estaria disponível para voltar aos rinques nos primeiros dias de janeiro de 2013."


Em: Jornal "O Jogo"
publicado por Pedro Miguel Branco às 12:55
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO