Espaço onde se abordam relevantes questões relacionadas com o desporto em geral.
Quarta-feira, 17 DE Setembro 2014

"O tribunal, sem direito a recurso, obrigou a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) a adiantar 350 mil euros ao Gil Vicente por conta do processo relativo ao afastamento dos juniores gilistas do campeonato nacional, na sequência do caso Mateus. Após consulta do processo, Record apurou que neste caso específico o Gil Vicente pediu uma indemnização de 8 milhões de euros, situação que está a ser apurada pelo tribunal, depois de não ter havido acordo entre os gilistas e a FPF.

 

Este é apenas um dos três casos resultantes do recurso para os tribunais do Gil Vicente, depois de ver a equipa despromovida e também excluída da Taça de Portugal. O processo principal, que diz respeito à despromoção, voltou à primeira instância depois de uma decisão do tribunal que excluiu a Liga de responsabilidades repartidas com a FPF, sob o argumento de que foi a FPF que executou a decisão. O Gil Vicente recorreu, ganhou mais uma vez, e agora o processo será de novo analisado. Já se passaram oito anos desde que o caso foi despoletado e também por isso o Gil Vicente se sente prejudicado. Hoje, em conferência de imprensa, António Fiúsa e o advogado Pedro Macieirinha irá anunciar em conferência de imprensa algumas novidades relativamente a estes dois processos e à forma como o mesmo será conduzido nos próximos tempos. Para já, o Gil tem a certeza que vai receber 350 mil euros dos cofres federativos."...

 

Em: Jornal Record.

publicado por Pedro Miguel Branco às 10:05
Setembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO